terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Soar nos ouvidos



Sua voz soa pelo meu ouvido
Consigo escutá-lo bem distinto
Seu perfume re-surge com o vento
É algo bem particular acrescento

Vejo seus olhos, translúcido comigo
E a paz reina trazendo-me abrigo
Nitidamente meu sorriso é alegre
Assim como um pássaro serelepe

Como uma criança, fico ao ter ver
Cheia de energia, querendo carinho receber
Como meches comigo doce menino
Até parece coisa do destino

Vejo-te e sinto o coração bater
Forte, fraco, lento sem temer
Você é como um anjo lindo
Veio e ganhou meu coração desatino.

Um comentário:

  1. Nossa !!! show de bola hein !!! parabéns pelo post.

    ResponderExcluir

 
;